Bem vindos ao meu mundo, sombrio e obscuro



Aqui tenho a liberdade de postar tudo que eu aprecio.

"sei exatamente como é querer morrer, como machuca sorrir, como você tenta se encaixar mas não consegue, como você se fere por fora tentando matar o q tem por dentro..."



29 de dez de 2013

Quando as palavras não são ditas é preciso escreve-las - Mortiça Morgan


É cômico parar e observar minha vida
Mesmo escolhendo diversos caminhos 
Eles sempre me conduzem ao abismo
Onde dele ja me joguei diversas vezes
Onde ja não há mais porque me jogar
É tudo tão concreto 
Mais infelizmente os pedaços do meu coração
Não sabem raciocinar
Eu costumo ir ao seu tumulo querida
Você parece tão viva em minhas memorias
Eu preciso mata-la
Gosto de sentar em seu tumulo e observar 
o por do sol
Gosto se manter viva a linda pessoa que um dia você matou
admiro a beleza do por do sol como que se fosse o ultimo que eu
iria ver
Observo os pequenos detalhes
E sabe ao final de tudo
Ao final de tudo minha querida
Vejo que não basta apenas que tu esteja morta
Devo enterrar também todas aquelas paisagens 
e memorias 
Ao final de tudo quero apenas descansar
me atirar de um abismo agora totalmente desconhecido
e mais alto e assim finalmente ter um sono eterno

17 de out de 2013

Insanidades da madrugada - Mortiça Morgan

Sinto-me vazia 
Morta por dentro
A sensação que tenho é que meus desejos me matam
Veja o amor, de tanto o deseja-lo
Ele me mato
E hoje rastejo-me
Dia após dia
Implorando e desejando 
Que o anjo negro venha ao meu encontro
Implorando para que talvez 
Toda a minha memoria seja apagada
Sendo assim 
Ja não havera dor, angustia, tristeza e solidão
Apenas um corpo se arrastando ate o final da vida

17 de ago de 2013

Ela - Mortiça Morgan



Uma doce criança
Com uma olhar hipnotizador
Eu daria tudo apenas para ve-la
Sorrindo
Eu daria o infinito
Apenas para saber que ela não ira me deixar
E quando penso na despedida
Logo me encho de medo
Medo de talvez não ve-la novamente
Belo anjo que faz com que minhas horas sejam agradáveis
Agradável companhia
Queria te-la todos os dias.
E quando sinto saudades
Apenas fecho meus olhos

E ouço você me cantando aquela linda canção.

30 de mai de 2013

Veja - Mortiça Morgan


Abra seus olhos e veja
Não se prenda ao que não existe
Não se prenda a falsas ilusões
Com o tempo perceberas que tudo esteve sempre la
 E agora esta tudo tão distante
Abro os olhos e este lugar parece-me tão distante
Tão irreconhecível
Apos olhar novamente percebo que sempre estive aqui
Neste lugar imundo, confuso e inabitável.
Aqui onde minha mente idealizou um paraíso
Onde eu mesma me prendi

9 de mai de 2013

Silencio - Mortiça Morgan


O silencio da noite traz de volta fantasmas do passado.
Agora deitada aqui neste tumulo.
Recordo-me de muitos dos meus atos.
A cada lembrança um suspiro leve e muitas duvidas.
Aqui diante de tanta gente inquieta, porem morta.
Recordo-me dos fantasmas do passado.
A cada lembrança um gole, a cada gole um sentimento.
Aqui estou eu novamente.
Embriagada com meu passado.


Musicas Favoritas