Bem vindos ao meu mundo, sombrio e obscuro



Aqui tenho a liberdade de postar tudo que eu aprecio.

"sei exatamente como é querer morrer, como machuca sorrir, como você tenta se encaixar mas não consegue, como você se fere por fora tentando matar o q tem por dentro..."



22 de nov de 2010

A redenção - Mortiça Morgan


 

Sua face tão bela como a noite
Seus olhos me levam
Diretamente a sua alma
A beleza do seu sorriso
Faz com que minha
Vida tenha sentido
E ao verem lagrimas
Caindo do seus belos olhos
Meu coração se despedaça
E se destrói
Ao amanhecer percebo
Que tudo não passou
De um sonho
E o doce ar de
Sua respiração
Já não esta presente
Para que eu possa viver


Não mais vivo por ti
Não mais estarei aqui
O ar que eu respirava
Se foi com aquela
Bela alma
Há um vazio constante
E aos poucos ele some
Eis que já não vivo mais
O ar que eu respirava
Já não respiro mais

 
A noite me tortura
Minha alma vaga
Para longe
Meu coração dilacerado
Meu corpo todo remendado
Minha mente tão distante
Alucinações acontecem
A todo instante
Eu me rendo a ela
Nessa bela noite agradável
Como o som
Da batida de seu coração




2 de nov de 2010

A insanidade me afronta. Mortiç@ Morg@n


Sua pele suave
Lembra-me todas as noites
Que estive ao seu lado
A luz da lua
Que clareava sua face
Branca como a neve
Frágil como um cristal
Seu perfume
O mais suave
Lembra-me a fragrância
Da mais bela rosa
Não pode-la
Te-la faz com que
Os momentos se tornem
Cada vez mais raros
E inigualáveis
Bela dama que é uma
Afronta a minha insanidade
Torna-me mais feliz


AMOR

O que é o amor
Se não a mais profunda ferida
O que é o amor diante de um mundo tão sem amor
Qual é o significado de uma palavra tão pequena
E com um grande significado
O que é o amor diante de tanta miséria
De tanta traição
Qual a importância que há nessa palavra?
O quanto as pessoas a levam a serio?
O que é realmente amar?
Diante de tantos atos insanos e impensáveis
Diante de tantas mudanças e de tanta aparência
O que significa realmente dizer para uma outra alma
Eu te amo?
Diante de tanta lamentação
Diante de tantas duvidas e incertezas
O amor, a faca envenenada que é cravada em um coração.
O mais profundo dos cortes
A pior das decepções
Diante de tudo isso
O QUE É O AMOR?




Sigo os passos
De um desconhecido
E não sabendo talvez
Onde eles me levaram
Logo adiante
Encontro seu corpo
Dilacerado
Sobre um tumulo
Dei-me conta que
Acabara de encontrar
O que me faltava
O seu pequeno corpo
Tão frágil sobre
Aquele tumulo tão frio
Já não sei o que pensar
Quem roubou aquela alma
Que me faz tão bem?
Já embriagada
Pelas minhas lamentações
Sofro a cada instante
O que me fazia tão feliz
Agora me destrói
Como o pior dos venenos
Sem mais motivos
Para viver nesse mundo inútil
O suicídio é minha única salvação
Agora já mais calma
Deito-me ao lado de seu cadáver
E misturo seu belo sangue
(Uma gota do mais forte veneno)
A melhor bebida
Agora embriagada com seu sangue
O sangue que me mata.


Uma nobre alma
Devassa meu coração
Acaba com toda
Ilusão faz com que
Eu tenha motivos
Para viver
Com um olhar hipnotizador
Fechou os cortes
Que havia em meu coração
Um ser que é plena luz
Uma alma encantadora
Nobre alma
Que faz com que
Meu pobre coração
Batesse outra vez


Musicas Favoritas