Bem vindos ao meu mundo, sombrio e obscuro



Aqui tenho a liberdade de postar tudo que eu aprecio.

"sei exatamente como é querer morrer, como machuca sorrir, como você tenta se encaixar mas não consegue, como você se fere por fora tentando matar o q tem por dentro..."



21 de abr de 2011

As revelações de um passado obscuro - Mortiça Morgan


(O resusitar dos mortos)

Como eu queria ser
Como esta bela borboleta
Que tem seus dias contados
Desde o inicio de sua curta vida
Como eu queria ser
Como esse nobre ser
Que voa pelos ares
Sem ser impedido
Como queria eu
Poder usufruir da liberdade
Mais nesse mar de lamentos
Intrego-me completamente
Esperando ansiosa
Que minha vida assim como
A da borboleta acabe





As lagrimas escorrem
Pela minha face
Lagrimas de sangue
Vamos meu bem
Prove um pouco
Desta bebida vermelha
Delicie-se com o desconhecido
Prove o meu sangue
E me leve contigo



Lamento-me cada vez mais pelo ocorrido
A dor invade meu ser
Me destrói por completo
Agora resta-me apenas lembranças
Daqueles belos momentos
Não há mais pelo que lutar
Não há mais pelo que esperar
Foi tão intenso
Veio assim como uma tempestade
Não sabia ao certo o que fazer
Só sabia que aquela era hora de eu ser feliz
Eu sei estraguei tudo
Era tão bela,
Tão frágil
Tão simples
Tão bom
Agora lamento-me
Cada vez mais
Pela ausência daquele sentimento desconhecido
Que acabou quando você se foi

A Minha Última Batida do Coração - Noturna

Noturna uma das bandas Brazileiras que eu mais gosto, essa musica é muito linda, e vale muito apenas ouvi-la... 



A Minha Última Batida do Coração


Eu chorei, todas as gotas de chuva que eu choreiCoração sem sangue, DesesperadoTudo que tenho negadoAs feridas mais profundas de amorTodas as misérias de amorAbsurda, vida sem fimLembrança da morteSe eu pudesse morrer
Eu tenho carregado uma perdaAs sombras que senti iluminando minhas noitesAs frias noites escurasTudo que eu deixei para trásFoi uma vida mortalSem essas malditas noites famintasPor favor acabem com meu coração
Na minha última batida de coração eu tentareiViver a minha vidaPela luz solar8 segundos de Verdadeira VidaSe há uma visão perfeitaParece ser o seu sorrisoEu provaria os seus lábios friosAté o dia que eu morrer
E eu carrego uma perda...
As feridas não renunciadasCessará com o meu coraçãoOs meus primeiros desejos inocentesLevantados com a minha morteAs minhas palavras profanas privadasGritará e xingará a minha vidaViverei para sempreCom a minha útima batida do coração.

12 de abr de 2011

Tudo muda, tudo sempre mudara - Mortiç@ Morg@n


Desejo, que sentimento é esse
que me invade ao te ver?
Uma vontade incontrolavel de poder te-la
De poder toca-la, beija-la
Sentimento maldito que me consome
Minha perdição
Inesplicavel, inacabavel
Tira aos poucos minha vida
E logo sera o meu ultimo suspiro...


Não sei o que se passa
Eu nem ao menos acredito em destino
Porem a cada curva ele insiste em se fazer presente
As coisas costumam darem sempre erradas
Porem esse estranho que me persegue
Insiste em me dizer que nada é por acaso
Mais que acaso é esse?
que sempre me deixa tão mal
Aos poucos a revelação do meu passado veem a tona
E isso sempre me surpriende
Mal sei quem sou
Só sei que ele insiste em me perseguir
Porem sou como a fenix
Renasço das cinzas.
E a cada decepção um recomeço...


Musicas Favoritas